Saiba como a linguagem corporal traz mais clientes para a empresa e ajuda em suas negociações

Um bom currículo pode não ser o suficiente para garantir uma carreira de sucesso. É comum pessoas com excelente qualificação e experiência perderem boas oportunidades de emprego por transmitir uma linguagem corporal negativa no momento da entrevista. Por isso, a linguagem do corpo deve ser levada a sério por todo profissional.

E deve ser uma preocupação das empresas também, pois a comunicação corporal pode tanto ajudar quanto arruinar uma negociação.

Para a psicóloga e supervisora de assessoria de carreira, Leonilda Lopes, é importante que as empresas invistam em treinamentos sobre a linguagem corporal, uma vez que profissionais que possuem uma linguagem positiva podem aumentar a chance do número de clientes crescer.

Lopes ainda ressalta que estar com a linguagem do corpo afiada pode ajudar até no momento de pedir um aumento no salário. “Não adianta só destacar o seu bom rendimento, é preciso ter segurança quando se expressa, esse é o grande segredo”, afirma.

Sabendo da importância da linguagem corporal, listamos quatro dicas de como ela pode ser útil na sua vida profissional.

Aperto de mão

Um aperto de mão fraco pode demonstrar insegurança frente ao entrevistador ou ao cliente. Já um aperto na intensidade correta – nem fraco, nem forte demais – demonstra confiança para o receptor.

Olhe nos olhos

Desviar o olhar é uma forma rápida que o nosso cérebro encontra para fugir de situações desconfortáveis. Isso prejudica a imagem do profissional, pois causa uma impressão de despreparo.

Tom de voz

Fale na mesma velocidade e tom de voz que o entrevistador ou o cliente. Pessoas que falam muito rápido e alto demonstram estar ansiosas e isso nunca é bom.

Demonstre concordância

Balançar sutilmente a cabeça indica que você está prestando atenção e que concorda com o que está sendo dito. Ficar parado o tempo todo pode causar a impressão de que você está desinteressado e entediado com a conversa.

 

Compartilhe:Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInEmail this to someone

3 thoughts on “A linguagem corporal faz toda diferença

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *