Assessoria de imprensa nas organizações

Afinal, o que é assessoria de imprensa e o que fazem os profissionais desse ramo?

 

A assessoria de imprensa é a ponte entre um cliente atendido e os veículos de comunicação (tv, rádio, jornal, etc). Essa “ponte” deve fortalecer ou construir a imagem de uma marca, produto, empresa ou pessoa. As organizações que melhor transparecerem seus ideais, produtos e fatos ganham o tão disputado e acirrado: destaque no mercado.

O papel da assessoria de imprensa vai além do que muitas empresas ainda acham e quem nos confirma isso é o Tiago Marcelus, que trabalha como consultor na 4CO (empresa de consultoria de comunicação e cultura organizacional).

Algumas empresas querem uma assessoria para aparecer na mídia, terem seus produtos e serviços “bem” apresentados; outras, para se blindarem da mídia, se posicionarem apenas de maneira reativa; há casos, ainda, de assessorias que são contratadas apenas para fazerem clipagem de notícias… Dei esses exemplos para tentar demonstrar que, talvez, a assessoria de imprensa não tenha um papel principal nas empresas, mas vários.

 

CONTRATO UM SERVIÇO DE ASSESSORIA DE IMPRENSA OU PUBLICIDADE?

Essa pergunta é muito feita pelas empresas na hora que decidem alavancar sua marca na mídia. A diferença entre os dois meios (assessoria de imprensa e publicidade) está na forma com que a marca, pessoa ou produto consegue ganhar visibilidade. A assessoria de imprensa garante a aparição do cliente nos veículos de comunicação, através de contatos com a equipe editorial dos veículos, sem envolvimento monetário. Já a publicidade, garante através de uma campanha publicitária paga e tratando direto com o departamento comercial do veículo.

Com a publicidade, sua marca pode conseguir um destaque imediato na mídia, mas o alcance que a assessoria de imprensa conquista é mais influente e passa mais credibilidade, afinal o destaque foi conquistado e não pago. Na hora de decidir, leve em conta a necessidade atual de sua empresa.

 

OS ASSESSORES

Um bom assessor de imprensa deve ser proativo e estrategicamente ágil para alcançar seus objetivos. Com os muitos conteúdos que uma empresa gera no dia a dia e o leque de opções de canais em que ela pode ser exposta, versatilidade e bom senso são essenciais no perfil de um assessor de imprensa. Construir um bom relacionamento com a mídia (veículos e jornalistas) e tornar-se uma fonte confiável também facilita a exposição (positiva, claro) do cliente.

Perguntamos a Marcelus sobre os principais erros dos assessores de imprensa, e ele foi direto, dizendo que, de maneira geral, o assessor de imprensa não comete o erro sozinho e que não deve ser o único responsável, porque nesse processo também participam o cliente e o repórter do veículo de comunicação.

“Na maioria das vezes, enganos e inexatidões surgem, por exemplo, da falta de clareza da empresa no momento de repassar as suas demandas para a assessoria de imprensa; de interpretação equivocada por parte do assessor de imprensa sobre determinado assunto com o qual ele precisará trabalhar com a imprensa; da falta de experiência de alguns repórteres jovens, bem como do senso de urgência presente nas redações dos veículos de comunicação.” , complementa Tiago.

Grandes marcas como Apple, Nike e Google consolidaram-se no mercado não apenas por oferecerem produtos de qualidade, e sim por fixarem em seus públicos os conceitos criados. A imagem de uma organização perante seu público é extremamente importante para a formação de sua reputação.

Confira aqui 5 dicas que o Tiago deixou para assessores de imprensa impactarem o negócio e alcançarem resultados positivos para a empresa. 

ENTREVISTA:

Tiago Marcelus | 4CO

Compartilhe:Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInEmail this to someone

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *