O estresse é considerado um dos males que mais afeta o rendimento das pessoas no ambiente de trabalho. Longas jornadas de trabalho, má atribuição de responsabilidades, inadequação de salário e conflito com colegas e superiores estão entre as principais causas dessa doença que traz consequências para os colaboradores e para a empresa.

Pessoas que sofrem de estresse estão mais predispostas a desenvolver hipertensão, gastrite, depressão, distúrbios do sono e doenças cardiovasculares e, isso reflete no trabalho, diminuindo a produtividade e os lucros da empresa.

Estudos apontam que 70% dos profissionais brasileiros estão estressados e que 3,5% do PIB do país é perdido com custos relacionados ao estresse no trabalho.

Para a auxiliar administrativa, Daiane Lemes, a sexta-feira é o dia mais estressante no trabalho. “Nesse dia eu me sinto mais travada nas minhas tarefas, esqueço o celular na mesa dos colegas e até de ligar para algum cliente, enfim, é uma tortura”, conta.

A psicóloga Vanusa Dionísia afirma que as empresas são responsáveis pelo bem-estar dos funcionários no ambiente de trabalho e que, para medir o nível de cansaço podem aplicar testes de memória.

A memória é como um banco de dados, onde o cérebro guarda informações factuais e de procedimentos, explica o neurologista Antônio Ferreira. “Quando você está cansado demais, seu corpo tende a produzir menos, a sua concentração diminui e você pode esquecer como fazer atividades rotineiras, sem contar o famoso, deu branco”.

Além do teste de memória, a coordenadora de recursos humanos, Sônia Santos, afirma que a realização de ginástica laboral – técnica de exercícios que melhora o condicionamento físico e psicomotor – permite alcançar níveis de produção mais elevados e ajuda no bem-estar do funcionário.

Promover melhores condições de trabalho, responsabilidades mais adequadas e elogios por tarefas bem feitas também são ações uteis para reduzir o estresse e, aumenta a autoconfiança dos colaboradores, proporcionando um ambiente de trabalho mais agradável e que todos saem ganhando.

Teste como está sua memória! Clique aqui e veja o que separamos pra você.

Confira no vídeo abaixo dicas para melhorar a memória:

Texto: Nataly Simões

Compartilhe:Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInEmail this to someone

One thought on “Como está o rendimento da sua equipe?

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *