A rádio peão pode ser aliada da comunicação interna

Nos últimos dias, uma notícia espalhou-se nas redes sociais. Em poucos minutos, circulava: “Brasil terá o inverno mais frio dos últimos 100 anos”. Comentários e compartilhamentos não pararam durante dias, até que, foi esclarecido e comprovado que era uma fake news, ou seja, uma notícia falsa. Mas até ser ratificada, a informação chegou para milhões de pessoas.

Fake news interna

Você já parou para pensar no que uma fake news pode causar na empresa? Como aquela informação ou comunicado distorcido pode prejudicar uma organização perante seus colaboradores? Eu te respondo! Danos na comunicação, reputação, imagem e principalmente, na relação de confiança, influenciando negativamente até no turnover (frequência com que colaboradores entram e saem de uma empresa).

A famosa rádio peão é uma interação espontânea entre os colaboradores, um meio de comunicação não-oficial que nunca deixará de existir. Isso mesmo que você leu! Essa comunicação informal, esse telefone sem fio, sempre existirá. O que se pode fazer é minimizá-la ou potencializá-la para contribuir com a área de comunicação interna e não jogar contra.

Aqui vão algumas dicas:

Para ter a rádio peão ao seu lado, mapeie quem são as pessoas que tem credibilidade na empresa (geralmente, são os colaboradores com mais tempo de casa) e mantenha-os mais perto e até ativos nas ações de comunicação interna. Já pensou em reunir essas pessoas mensalmente para contribuírem com ideias para a CI?! Não esqueça dos gestores, eles têm muita credibilidade que pode e deve ser utilizada.

Padronizar a comunicação interna da sua empresa também é importante, você pode usar um aplicativo para isso. O Worksphere pode ser a solução, uma de suas funcionalidades inclusive, é o “fale conosco” canal para ouvir os colaboradores (mencionamos acima a importância disso). Saiba mais sobre o Worksphere aqui

Mantenha contato
11 2382-9631 Rua João Gonçalves, 484 Centro Guarulhos / SP
Idiomas