Ao contrário do que muitos acreditam, o home office exige comprometimento, economiza tempo e melhora a qualidade de vida

Home office é um trabalho remoto e de acordo com a Brasil Labore, uma consultoria especializada em trabalho remoto, o modelo de home office surgiu no Brasil oficialmente em 1997 durante o Seminário Home Office/Telecommuting – Perspectivas de Negócios e de Trabalho para o Terceiro Milênio. Em 1999 foi fundada a SOBRAT – Sociedade Brasileira de Teletrabalho e Teleatividades. O assunto home office ainda gera muitas dúvidas quando é mencionado nas rodas de conversa e happy hours.

A Bendita Imagem, empresa especialista em consultoria de marketing e assessoria de imprensa, executou o esquema home office durante dois anos: “Aqui na Bendita Imagem priorizo muito a qualidade de vida e por isso, procuro passar esse valor para minha forma de trabalhar e consequentemente, para meus colaboradores. Quanto menos estresse externo, mais o profissional rende e também aproveita mais sua vida. Acredito que o home office ofereça essas condições. Nossas reuniões semanais são realizadas na agência, mas a maior parte do trabalho é realizada via home office. E os resultados são cada vez melhores para os profissionais e principalmente, para os clientes, cada vez mais satisfeitos com nossa entrega”, conta Michele Barcena, jornalista, especialista em marketing esportivo.

A função home office não precisa ser realizada exatamente de casa, basta o indivíduo estar conectado, algumas pessoas optam por trabalhar em locais de cafés, ou alugam espaços para exercer suas tarefas. A vantagem não é apenas do funcionário que economiza tempo e aumenta a qualidade de vida, mas também da empresa que poupa custos como o vale transporte.

Vantagens e desvantagens do Home Office 

Entrevistada: Mariana Arruda, 25, é consultora na 4CO e trabalha no estilo HO desde 2015.

Principais vantagens: Conciliar a vida profissional e pessoal  | Fazer os próprios horários | Autoconhecimento 

Principal desvantagem: Não ter um contato diário no mesmo ambiente com outros profissionais

“Hoje não me vejo indo todos os dias para um escritório, pegando trânsito e tendo que bater ponto no horário X. Por já ter vivido os dois lados, sei que o home office é a opção que me faz mais feliz e que me proporciona algo impagável, que é a flexibilidade de horário e de poder trabalhar de qualquer lugar. Isso faz com que eu esteja mais perto da minha família e do meu namorado, pois posso almoçar com eles, tomar um café da tarde e trabalhar lado a lado”, comenta Arruda.

Para os mais receosos, o trabalho a distância ainda desperta dúvidas, principalmente pelas atividades desenvolvidas pelos colaboradores que não estão presentes fisicamente na empresa.  Segundo  Barcena, com a tecnologia é fácil identificar se o colaborador está realmente executando suas tarefas. “Existe um acompanhamento frequente das demandas e entregas. Como trabalhamos com metas e resultados, eles precisam ser buscados e alcançados da melhor maneira possível. E com a comunicação online e via telefone, conseguimos fazer isso de maneira consistente, então é fácil identificar se o profissional está ou não se dedicando de fato ao trabalho nesse formato home office”, conta.

O home office veio para ficar, é claro que nem todas as pessoas e nem todas empresas enquadram-se nesse perfil, mas para aqueles que se encontram nessa função disciplina, compromisso e cronograma é a chave para o sucesso.

 

Mantenha contato
11 2382-9631 Rua João Gonçalves, 484 Centro Guarulhos / SP
Idiomas