Acerte na hora de motivar seus colaboradores

A motivação é um impulso que faz com que as pessoas ajam para atingir seus objetivos. É mais que uma ação ou benefício, é um conjunto de procedimentos que levam o empregado a um nível motivacional. Já falamos aqui que a empatia é um dos pontos mais importantes para motivar uma equipe. Sem isso, todas as ações desenvolvidas pela empresa passam despercebidas, é preciso compreender as necessidades do colaborador. Quem nunca ouviu uma história de um chefe que fez cara feia porque o funcionário precisou chegar mais tarde para ir ao médico?

“Quando temos empatia, estamos mais suscetíveis a nos motivar em prol de um objetivo compartilhado. A verdade é que a motivação depende de cada um, mas quando a pessoa está em um ambiente favorável e acredita em um propósito, ela irá se motivar para fazer o seu melhor”, conta Marcos Roberto Alves, diretor da Thutor, plataforma online de desenvolvimento de pessoas.

O especialista também explica sobre a filosofia de gestão, esse é um modelo que objetiva o desenvolvimento das pessoas e também busca humanizar as empresas, a partir de quatro pilares: acreditar, praticar, melhorar e compartilhar.

“É uma nova forma de pensar a gestão visando potencializar os resultados da empresa, carreira e/ou vida pessoal por meio de conceitos simples como a felicidade e o respeito, a valorização das pessoas, a coerência entre o discurso e a prática, entre outras características que, juntas, podem trazer a melhor alternativa para todos: ser feliz, ter rentabilidade e uma vida equilibrada”, esclarece.

 

Para que os resultados sejam atingidos com êxito é importante que todos estejam integrados com a empresa. “A participação de todos os setores é fundamental para o sucesso. Uma das formas de trabalho conjunto é a criação de comitês para ouvir os colaboradores e discutir as ações / propostas. É importante manter o diálogo entre as áreas, promover a integração dos times e comemorar os resultados conjuntamente”, conclui.

Como consequência dessa gestão humanizada, os colaboradores tornam-se mais motivados e entregarão grandes resultados, que, é o que as empresas querem.

Existem alguns casos em que o colaborador encontra-se desmotivado e sem paixão pela empresa. Segundo o especialista, a conversa constante com franqueza e respeito é um caminho que pode ajudar nesse caso. “É importantíssimo que o líder conheça os objetivos e sonhos de cada liderado para poder ajudá-los em seus próprios desenvolvimentos. A proximidade entre colaborador e líder gera credibilidade e facilita o processo de engajamento. O colaborador se tornará mais engajado quando os objetivos da empresa fazem sentido para ele e estão alinhados com os seus próprios desejos. Por exemplo, o líder deve ajudar no desenvolvimento do colaborador que sonha trabalhar em outra área, para que ele possa conseguir fazer essa transição em algum momento”, diz.

Algumas empresas também apostam no marketing de benefícios, a corporação utiliza todos os canais e instrumentos de Comunicação Interna para lembrar os funcionários de tudo aquilo que recebem em nível de benefícios e assim contribuir com os processos motivacionais.

O que sua empresa faz  para manter a motivação dos colaboradores?


Entrevistado

 Marcos Roberto Alves, possui vasta experiência na gestão de controladoria de empresas nacionais e multinacionais de todos os portes, com mais de 25 anos de atuação nas áreas contábil, fiscal, custos, planejamento orçamentário, tesouraria, contas a pagar, contas a receber, crédito, cobrança e recursos humanos. Possui grande experiência em reestruturação financeira e formalização de empresas, bem como experiência significativa na montagem de equipes de controladoria para startups. Habilidade para integrar e engajar lideranças nos planos de melhorias de eficiências das empresas.