Conheça a origem e as curiosidades do Natal

O Natal é uma das principais datas comemoradas pelos cristãos e celebra o nascimento de Jesus Cristo. O dia 25 de dezembro foi reconhecido pelo Papa Julius e assim é festejado.

A celebração durava até 12 dias, isso porque esse foi o tempo que os três magos levaram para chegar até a cidade de Belém e presentearam o menino Jesus com ouro, mirra e incenso.

Curiosidades sobre o Natal

 

A história do Papai Noel

O papai Noel é um dos principais símbolos do Natal, nasceu através de um bispo turco São Nicolau, o bom velhinho costumava ajudar aos pobres, deixando saquinhos com moedas próximos às chaminés. Após vários relatos de milagres concedidos por ele. Fontes apontam que a figura, na verdade, tem origem em tradições germânicas e nórdicas e foi criada pelos protestantes, que buscavam um simbolismo diferente do presépio, usado pelos católicos. Os relatos sobre o “bom velhinho” já existiam desde, aproximadamente, 1823. Em 1863, ele foi ganhando novas características, inclusive suas roupas vermelhas – que também podiam ser verdes ou azuis. Já em 1930, quando o mito já estava enraizado no imaginário dos americanos, a Coca-Cola criou uma campanha de Natal que acabou popularizando o Papai Noel por todo o mundo e firmando suas vestes na cor vermelha.

 

Por que Peru e Panetone?
O Peru vem de um costume dos EUA, desde 1621 eles comem a ave no Dia de Ação de Graças pela grande quantidade de carne que simboliza a fartura. Já o Panetone chegou até nós por meio dos imigrantes italianos. Em Milão, era comum servir o pão de frutas em ocasiões especiais, já que era uma receita bastante trabalhosa de fazer.

Árvore de Natal
Existem muitas versões para a escolha da Árvore como símbolo do Natal, a mais confiável é que tenha surgido em 1510, na cidade de Riga (hoje território da Letônia) e se espalhado pela Europa. O pinheiro foi escolhido por representar a esperança, já que continua verde mesmo em épocas de neve. E as bolas natalinas surgiram para substituir as maçãs, que eram colocadas nas árvores como enfeites.