RH e Comunicação Interna: como funcionam juntos

Entenda como um setor pode auxiliar o outro

O trabalho conjunto entre o RH e Comunicação Interna faz um grande diferencial para a empresa e desenvolve trabalhos com incentivo a inovação, criatividade, redução de custos, qualidade de vida, reconhecimento e tudo que envolve o Endomarketing nas corporações.

Já passei por uma experiência em que atuava em um departamento de Marketing e o maior apoio que tive para desenvolvimento de ações de comunicação interna foi do RH, que enxergava a necessidade deste tipo de ação para tornar o ambiente mais harmonioso e agradável para os colaboradores. Este suporte da equipe de RH foi fundamental para que eu pudesse propor à Diretoria projetos e implementasse ações que logo mais geraram excelentes resultados. Portanto, diria que é até mesmo uma questão de somar forças e conhecimentos para garantir o melhor desempenho possível”, conta a Jornalista Thaise Saeter.

Uma pesquisa desenvolvida pela Social Base aponta que 60% dos gestores de Recursos Humanos dizem não possuir programas adequados para medir e melhorar o engajamento dos funcionários nas empresas onde atuam. Além das diversas demandas do RH o setor também funciona como uma área estratégica para lidar com objetivos de médio a longo prazo e assumi funções que muitas vezes fogem de sua área de competência como tarefas do setor de Comunicação.

Além de causar uma sobrecarga no trabalho dos profissionais de RH, essa prática muitas vezes gera ações ineficazes. E nisso se desperdiça tempo e recursos, pois são horas de um profissional dedicadas à atividades que não domina e não tem motivação a fazer. Acredito que isso não é generalizado, existem muitos profissionais da área de recursos humanos extremamente capacitados para o desenvolvimento de ações de comunicação, no entanto, com o apoio de uma equipe especializada em Marketing é possível fazer um trabalho mais assertivo”, diz a Jornalista.

Para Roberta Omeltech, planejamento é fundamental em equipes mais enxutas para que aja assertividade, agilidade e clareza. Ter os objetivos bem definidos e metas claras para que se tenha alinhamento de expectativas é muito importante para que o RH possa exercer funções e ações.  A especialista, enfatiza também a importância dos dois setores trabalharem em conjunto para uma comunicação clara. “A comunicação clara permite que todos se sintam parte da organização, o popular: vestir a camisa. As pessoas gostam e querem sentir-se parte. Ninguém gosta de ser o “último a saber” a comunicação clara traz engajamento, evita “ruídos” e aproxima as pessoas”, diz Roberta Omeltech.