Quer ser encontrado? Utilize o SEO

Conheça algumas técnicas que ajudam seu site a melhorar a posição nos buscadores.

De nada adianta redigir textos, criar e atualizar blogs e editar vídeos, se seus futuros e potenciais clientes não conseguirem encontrar o que você produziu. Mais conhecido como SEO, o Search Engine Optimization, é tão essencial para sua estratégia quanto gerar conteúdo.

O analista de SEO da Agência Linka Rafael Oliveira, explicou que a ferramenta não se trata apenas de otimizar seu site para os mecanismos de busca, mas também para melhorar sua presença na web. Para completar o que é o SEO, a sócia da agência WV_Todoz Cynthia Akao, contou que o objetivo principal é fazer com que as páginas do seu website, apareçam entre os primeiros resultados da busca orgânica.

Segundo o guia sobre marketing digital da Rock Content, o Google responde por mais de 90% das buscas feitas por brasileiros e é o mais acessado do país. “É importante ressaltar que é um trabalho a médio e longo prazos e trabalha muito a expertise e credibilidade de um site ou uma marca, além disso, é um trabalho para angariar todo tipo de conversão que vai do lead à uma venda específica, por exemplo, ” explicou Akao.

Segundo o analista Rafael a técnica recente surgiu, em 1996 e que a primeira empresa conhecida a utilizar o SEO como estratégia de marketing foi a Multimedia Marketing Group (MMG), seu objetivo era se posicionar na primeira posição no mecanismo de busca, frente aos concorrentes. “Quanto mais pensarmos que o SEO é voltado para o usuário que navega na internet melhor, já que este é um dos princípios do Google.

Akao destaca a importância do mecanismo em cinco tópicos:

[list icon=”check” font_size=”16″ icon_color=”#599dff” text_color=”#000000″ columns=”1″ bottom_margin=”10″]

  • Reconhecimento e identidade da marca no universo online, onde muitas empresas podem ser destacadas, estar nas primeiras posições traz o chamado reconhecimento digital;
  • Referência no assunto, desta forma quando estamos bem posicionados serve como referência para outros sites, concorrentes, mercado e até para o público em geral que está buscando por aquele produto, serviço ou uma simples informação;
  • Divulgação da marca, o SEO ajuda e muito na divulgação de uma marca, bem como lançamentos de produtos e afins, afinal quem aparece nas primeiras posições tem suas vantagens e uma delas é ser o destaque da vitrine;
  • Aumento do tráfego e visualização das páginas e quantidade de visitantes, para quem trabalha com blog e vende sua mídia, por exemplo, nada melhor do que ter um volume considerável de tráfego e número de visualizações significativas para que possa ser um destaque no seu nicho, nisso o SEO consegue ser um grande aliado; que se bem trabalhado poderá trazer ótimos resultados;
  • Melhorar seu custo benefício com divulgação e marketing digital. Como já falado anteriormente, sejam técnicas com retorno a médio e longo prazo, o SEO não requer muita atualização, embora você precise sempre fazer uma manutenção e ficar de olho nas atualizações dos algoritmos, por isso, uma vez conseguido um bom posicionamento ajuda e muito com a divulgação, evitando que você gaste com mídia paga, no caso links patrocinados para uma campanha institucional, por exemplo.

[/list]

Já quanto a melhor maneira de usá-la, Rafael contou que o SEO deve estar presente desde o início do seu projeto. “É comum vermos empresas que não adotaram o SEO no início e hoje tentam se adequar a estas práticas, o que requer muito ajuste de tecnologia, consequentemente, um gasto maior para realizar retrabalho de adequação”.

 

A partir da entrevista com os especialistas selecionamos algumas dicas para você melhorar o rankeamento do seu conteúdo:

 

  • Títulos de páginas com o máximo 70 caracteres e descrições de páginas objetivas, estão entre as técnicas que auxiliam na hora da publicação;
  • Informar ao usuário o que ele vai encontrar na sua página entre 140 e 150 caracteres;
  • Atenção ao tamanho de imagens do seu site, quanto mais pesada, maior a demora no carregamento;
  • Buscar o ranking das palavras-chave antes de definir a pauta e até mesmo o título do seu artigo para isso sugiro que utilize o Google Trends ou outra ferramenta como indicador de preferência.
  • Links nas mídias sociais;
  • Conteúdo comprido – páginas com mais texto têm melhores resultados;
  • Produza conteúdos originais e domine o tema que deseja abordar, explore o máximo possível de palavras relacionadas ao assunto;
  • Antes de produzir, faça uma pesquisa de palavras chave, saiba como os usuários procuram na internet pelo assunto que deseja abordar;
  • Utilize o Keyword Planner do Google ou o SERP, onde você faz sua busca no Google para ver como o seu assunto é procurado;
  • Use sempre por volta de 500 palavras e cuide da densidade da sua palavra-chave;
  • Considere a mensagem alternativa (Alt) atrativa para suas imagens incluindo a palavra-chave nelas. Se for inserir nome e descrição nas imagens também use estes termos. Se for o caso, insira a referência ou os créditos na descrição da imagem.

Dica de Ferramenta

Uma excelente ferramenta para monitorar as palavras-chaves de seu site e o posicionamento no Google é o SEO Monitor. Existem vários planos, um gratuito e planos pagos de R$1o à R$100 mensais. Com SEO Monitor você pode monitorar palavras-chaves, acompanhar como está o seu desempenho em relação aos concorrentes. A ferramenta mostra em forma visual a variação do posicionamento das suas palavras-chave.

Nosso último post contou as diferenças das redes sociais e qual a importância para o seu negócio.

Leia também o que é e qual a importância do marketing digital