Conheça a síndrome da visão cansada e como evitá-la

Cuide da sua visão!

É cada vez mais comum utilizar o computador durante muito tempo, principalmente no ambiente de trabalho, onde passamos a maior parte do período encarando o monitor. O que muitas pessoas não sabem é que esse hábito aparentemente inofensivo pode ser prejudicial a visão, causando a síndrome da visão cansada.

Entre os principais sintomas está a falta de vontade de continuar frente a alguma tela, visão embaçada, constante dor de cabeça e ardência ou ressecamento nos olhos.

Caso haja o diagnóstico da síndrome da visão cansada por uso excessivo e contínuo de computadores, o problema pode ser tratado com colírios especiais ou lentes para corrigir a visão, além do acompanhamento médico adequado.

A médica oftalmologista, Denise Fraga, explica que a visão pode ser prejudicada, pois quando são expostos à luz do computador, os nossos olhos são forçados a trabalhar em dobro, além da quantidade de piscadas diminuir consideravelmente.

Fraga também alerta sobre a utilização em excesso de smartphone, tablet e TV, que prejudicam a saúde ocular.

Listamos quatro cuidados simples que podem prevenir que a sua visão seja prejudicada por essas ações

Pisque mais vezes: Piscar lubrifica o globo ocular e impede que os sintomas da síndrome se manifestem.

Cuide da sua postura: A postura em frente ao monitor é tão importante quanto o tempo de exposição, pois caso você esteja mal posicionado, a sua visão pode ser prejudicada com mais facilidade.

Não hesite em fazer pausas: Faça pequenas pausas a cada meia hora quando estiver utilizando o computador.

Fique atento a iluminação: A falta de iluminação faz com que os seus olhos cansem mais rápido, por isso, é importante que tanto a iluminação do computador quanto do local sejam adequadas.

Mesmo tomando todos os cuidado possíveis como fazer pausas e prestar atenção na postura e na iluminação, é claro que a rotina de quem passa horas frente ao computador no trabalho não é fácil. O corpo sente e a síndrome da visão cansada é um grande exemplo disso, por isso é importante visitar o oftalmologista anualmente.