6 tendências para a comunicação interna em 2021

Seu trabalho será remoto ou presencial em 2021? Quais os desafios que um novo modelo de trabalho permanente pode trazer? Uma pesquisa da SocialBase sobre tendências para a Comunicação Interna, apontou que a produtividade dos colaboradores em home office durante a pandemia aumentou para mais de 64% das empresas, mesmo assim, 30% delas ainda não se decidiram sobre qual formato seguir daqui para frente: se presencial, se remoto ou se híbrido. 

 

Enquanto isso, já podemos observar tendências marcadas pelo primeiro ano da pandemia que foram determinantes sobre a forma como nos comunicaremos em relações corporativas (à distância ou não) neste ano. Confira os destaques a seguir:

 

numero 1Comunicação mais midiática: O uso de vídeos, lives, e podcasts entrou para o hall de recursos de comunicação mais utilizados no último ano pelo mundo, responsáveis por garantir maior proximidade – ou menor isolamento. A pesquisa mostrou que 58% das empresas fazem transmissões ao vivo para se comunicar com seus colaboradores, e 15% a fazem diariamente. Você pode investir em produções profissionais impecáveis, por outro lado o videoself, ou as produções caseiras costumam até fazer mais sucesso por haver um toque de pessoalidade nelas. Use os murais digitais para divulgar esses conteúdos em vídeo.

 

 

Simplifique: menos é mais!numero 2 Velocidade na informação é sem dúvida uma das características mandatórias deste tempo. E é justamente para ser mais ágil que não dá pra se perder em complexidades. A tecnologia é a grande parceira para acelerar nossas entregas, fazer a informação chegar cada vez mais rápido, mas é nosso o papel de simplificar o conteúdo, deixá-lo mais claro e objetivo. Por isso, corte o excesso de dados e priorize a mensagem-chave para o seu público. Assim, você reduz os ruídos e a chance de o colaborador se desinteressar pelo assunto antes mesmo de chegar ao conteúdo principal.

 

 

numero 3Liderança – sua linha de frente: Segundo uma das maiores especialistas em CI do mercado internacional Sharon McIntosh, CEO na And Then Communications, “os funcionários continuarão a esperar que os executivos apareçam, ouçam mais e falem menos”. Para Priya Bates, CEO da Inner Strength Communications, “as conexões levarão a mais engajamento e confiança, enquanto as desconexões levarão a uma falta de confiança”. A liderança precisa continuar atuante e conectada com sua equipe no home office para além da pandemia, para isso é necessário treiná-la, prepará-la estrategicamente para desenvolver suas competências relacionais e comunicacionais.

 

 

tendências para comunicação internaBem-estar das pessoas: O tema não sairá da pauta. A qualidade de vida é um critério valorizado por cada vez mais profissionais já há algum tempo e se tornará parte essencial do ambiente de trabalho a partir desta pandemia. É preciso abordar assuntos relevantes que ajudem os colaboradores a cuidarem melhor da saúde física e mental para conduzir o trabalho com mais leveza sendo produtivo e conciliando com os projetos pessoais.

 

 

numero 5Engajamento – como lidar com mais distrações? Com o trabalho remoto aumentam as possíveis distrações que o seu colaborador terá por estar em um ambiente fora do contexto estrutural e controlado de um escritório. Este cenário, torna ainda mais desafiadora a nossa missão de engajamento do público. Por isso, uma dica é apostar em recursos visuais e em áudios (como os podcasts) em suas comunicações, além de usar mensagens curtas, claras e diretas. E para reduzir a chance de perder a audiência do seu colaborador entre telas do computador e smartphone, experimente proporcionar a ele encontrar todas as informações de que precisa para se orientar ou se comunicar numa mesma ferramenta: o Worksphere, por exemplo, é esse tipo de plataforma. Experimente grátis. 

 

 

tendências para comunicação internaO que mensurar? A ausência de um ambiente físico que pode ser mais facilmente observado em relação ao clima organizacional, por exemplo, torna a mensuração de resultados ainda mais necessária. Aqui, não ceda ao desespero por medir tudo e qualquer coisa só para ter números para mostrar, priorize o que precisa ser estrategicamente mensurado a fim de revelar resultados significativos das intervenções da comunicação no comportamento e dia a dia dos colaboradores.

 

O que achou das tendências para Comunicação Interna?

Ao montar seu planejamento, leve em consideração essas dicas e lembre-se de adaptá-las ao modelo de trabalho vigente na sua empresa, assim, você terá uma comunicação muito mais assertiva e de sucesso.